sexta-feira, 27 de abril de 2012

Pessoas caras e pessoas raras

Existem pessoas caras e pessoas raras. As caras ficam expostas em vitrines de luxo. Seus valores são muito caros. Poucos conseguem comprá-las. Se gabam de seu alto preço e não se vendem tão facilmente. As raras não ficam em vitrines e não são expostas. Estão escondidas, camufladas e disfarçadas de mercadoria barata. É difícil encontrá-las. Mas, não é preciso se preocupar. Pois tanto para pessoas caras quanto para pessoas raras haverá sempre diversos tipos de consumidores.

7 comentários:

Maíra Mello disse...

sempre prefiro a procura.

Flá Costa disse...

é verdade... e parando pra pensar, há quem confunda, más é fácil identificá-las...

Beijoca

aline disse...

como a flá disse: e há quem confunda.
mas, no fundo, ter público pros dois tipos é o que faz o mundo fluir...

Jéssica do Vale disse...

Repito:
Há quem confunda.

Luís Gustavo Brito Dias disse...

- as pessoas caras e as pessoas raras são as mesmas.
o que as difere, na minha opinião, são a compreensão de amor próprio.
as pessoas caras acham - de maneira errada - que o amor está no ter.
as pessoas raras sabem que o amor está no ser - seja ela você, seja ele nós, etc.


grande abraço, minha querida.

Antônio LaCarne disse...

larissa, sem fôlego aqui pelo tamanho da lindeza que você acabou de escrever.

existem pessoas caras e raras, sim, você está certíssima. ;)

Anna Flávia disse...

Prefiro as raras, por mais difícil que seja encontrá-las.

Licença Creative Commons
Blog de Larissa Bello é licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-Vedada a criação de obras derivadas 3.0 Unported.