terça-feira, 24 de janeiro de 2012

Para caber no mundo...

...é preciso não caber-se em si

A vontade nova fez o sentido sorrir
A tranquilidade traz a calma no existir
O simples pensar sinaliza o olhar
Observar o que vem de dentro
E quer sair, buscar, libertar
O que pode estar aqui ou em outro lugar
O que não cabe em si e quer explorar
Instintiva e continua mente
Sem conter, sem correr, sem calar

4 comentários:

Maíra Mello disse...

"A vontade nova fez o sentido sorrir". Gostei disso...

Mariana Bennemann disse...

Não tenho certeza se quero caber nesse mundo não. Ele muito anda me desagradando.

Thays Ferreira disse...

Uma simplicidade tão verdadeira... que chega a fazer feliz.

wanessa queiroz disse...

lindo.

Licença Creative Commons
Blog de Larissa Bello é licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-Vedada a criação de obras derivadas 3.0 Unported.