quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

O poder do gesto

O gesto das palavras
As palavras no gesto

O olhar que abraça
O sorriso que expressa

O amor sublime que exala
Um brilho que resplandesce

A luz altiva emanada
De um poder cósmico que liberta



Para minhas irmãs, 
e todas aquelas pessoas dotadas da capacidade de sentirem 
e expressarem carinho no seu sentido mais puro, profundo e incondicional.

12 comentários:

Marcos Satoru Kawanami disse...

Larissa,

Você escreve com muito significado. Quando faz versos, sinto uma intensidade semelhante à minha.

Antes de comentar isto acima, eu iria escrever:
Tiradentes já dizia: libertas, que será tamem. XD

Meus comentários não fazem sentido muitas vezes, porque não encontro palavras rapidamente para expressar o que sinto. A música é sentimento sem palavras. A poesia é quase isso, mas não é exatamente.

Antônio LaCarne disse...

larissa, simplesmente lindo e certeiro, como os poemas sublimes e vastos devem ser.

grande abraço.

Fred Caju disse...

Muito bonito!

(Essas palavras de verificação atrapalham tanto...)

Dani disse...

Gosto de pessoas que só de estarem presentes você já se sente bem, sente aquela paz.
Pessoas que carregam e exalam sentimentos bons.
Pessoas assim, tão raras.

Beijos

Paulo_Sotter disse...

Oi Larissa, passando para te desejar um ano novo de muita paz e saúde, pleno de realizações. Feliz 2013!!!

Mulher Vã disse...

Tão bom quando temos conosco pessoas que não se precisa verbalizar o sentimento o tempo todo, irmãs têm disso!
Minha irmã costuma dizer que somos almas gemeas!

Beijo

Pri Dotta disse...

Muito lindo isso Larissa! O significado do poema é a mais pura qualidade que existe em uma escrita! Parabéns, de verdade! Mil beijos! (:

Flá Costa* disse...

não consigo dizer do que gosto mais, dos versos ou da dedicatória incrível do final!

Um 2013 fabuloso pra você, querida!

Mara faturi disse...

Então...passando aqui para expressar meu carinho e admiração incondicional a você que perfuma e ilumina a poesia ;))
Bjos ( com muito carinho linda)!!!!!

Amália Queiroz disse...

Lari,

Me senti lisonjeada e honrada com o seu poema e em ter você como irmã.
Obrigada!
Beijos,
Amália (Mary).

António Jesus Batalha disse...

Vim à net para encontrar novos amigos e ao mesmo tempo divulgar meu blog, encontrei o seu blog, e estive a ver algumas postagens e achei o seu blog muito bom, tenho de lhe dar os parabéns, pois é um blog que dá sempre vontade de vir aqui mais vezes.
O meu blog é o Peregrino E Servo, se tiver tempo ou se desejar pode fazer-lhe uma visita e se gostar faça o sentir no seu coração, saiba porém que nunca deixei alguém ficar mal.
Desejo paz e saúde para si e para o seu lar.
Sou António Batalha.

Raquel Consorte disse...

Voltarei sim, estou seguindo!

:)

Licença Creative Commons
Blog de Larissa Bello é licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-Vedada a criação de obras derivadas 3.0 Unported.