sábado, 8 de março de 2014

In memoriam

Quando a memória se exaure e o futuro é um permanente desconhecido

então só o presente é capaz de liquefazer a essência de um momento 

 que se solidifica

 e se agita, se acalma

se conjuga, se distingue

somente para que novamente com ela 
 
seja esquecido

5 comentários:

Fábio Murilo disse...

Jaz o agora, na certeza do momento.

Marcos Satoru Kawanami disse...

Redenta est, terra terrae.

;*

Bruna Morgan disse...

tão leve e bonito!


Laura Santos disse...

E como com poucas palavras se diz muito.
O presente é a essência do tempo, e logo deixa de sê-lo.
xx

Dani disse...

É no agora que a vida muda, no presente se costura o futuro.

Licença Creative Commons
Blog de Larissa Bello é licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-Vedada a criação de obras derivadas 3.0 Unported.